Distúrbios do Sono

 Pneumo - saiba mais sobre...

 

Bronquiectasias

O que é são bronquiectasias?

É o alargamento ou distorção dos brônquios. Os brônquios são tubos por onde o ar entra e sai dos pulmões. Dentro de cada pulmão, eles vão se ramificando como galhos de árvore, formando a árvore brônquica. Na árvore brônquica normal, à medida que se dirigem à periferia dos pulmões, eles vão se dividindo e afilando. Quando não ocorre esta diminuição de calibre ou, ao contrário, o calibre aumenta, dizemos que existe bronquiectasia.

O que causa as bronquiectasias?

Podem ser congênitas (desde o nascimento) ou adquiridas (após o nascimento, em qualquer fase da vida).

As bronquiectasias são sempre resultado de:

  • Agressões por infecções dos brônquios, e ou
  • Deficiência no mecanismo de resolução e "limpeza"das secreções brônquicas.

Antes da existência dos antibióticos, foi uma doença bastante comum. Com o surgimento dos antibióticos e das campanhas de vacinação (contra o sarampo, coqueluche e tuberculose), ela tornou-se menos comum em virtude do melhor tratamento e prevenção das infecções respiratórias, respectivamente.

Além dos microorganismos citados acima, alguns vírus como o adenovírus tem potencial para gerar bronquiectasias. Bactérias destrutivas como o Staphylococcus aureus, a Pseudomonas aeruginosa, a Klebsiella pneumoniae, o Mycoplasma pneumoniae e os anaeróbios também podem causar as bronquiectasias. Os fungos como o Aspergillus e o Histoplasma também podem contribuir para o surgimento da doença.

Quais os sintomas das bronquiectasias?

Os sintomas mais comuns são tosse crônica com expectoração abundante, de cor esverdeada ou amarelada, chiado no peito e falta de ar. Geralmente o indivíduo relata que já teve várias infecções respiratórias e muitas vezes o diagnóstico é confundido com bronquite crônica ou asma ou tosse pelo cigarro, etc. Também pode ocorrer tosse com sangue (hemoptise) e muitas vezes este é o único sinal da doença. Há casos, também, em que o indivíduo nunca apresentou sintomas e descobriu acidentalmente pela realização de uma radiografia ou tomografia de tórax. .

Como é feito o diagnóstico das bronquiectasias?

A história clínica e o exame físico realizados pelo médico podem levantar a suspeita para esta doença, mas a confirmação só pode ser realizada através de uma radiografia ou tomografia do tórax. Outros exames podem solicitados a seguir para prosseguir a investigação da causa da doença e para avaliar a gravidade do caso.

Como tratar as bronquiectasias?

Bronquiectasias são uma doença crônica e não têm cura, mas têm tratamento que pode controlar a grande maioria dos casos de maneira eficaz. O tratamento deve ser dirigido para:

1. melhora da drenagem das secreções, através de fisioterapia respiratória;
2. combate à infecção, se presente;
3. uso de broncodilatadores ;
4. uso de mucolíticos ;
5. uso de corticóides (de acordo com o caso);
6. cirurgia, em casos específicos.



R. Peixoto Gomide, 515, Conj 74 - Jardim Paulista, São Paulo-SP. CEP: 01409-001.
Tel: (11) 2507-5896 / 3774-5896 | Copyright © 2010 www.pneumo.com.br
Design by Dr Marcelo Andrade | Supported by www.uolhost.com .br
Estrutura Pacote Web 1.0 - Customizado